A alta do dólar comercial e dos contratos futuros em Chicago deverão garantir mais um dia de preços firmes no mercado brasileiro de milho, repetindo a segunda-feira.

O mercado registrou preços mais altos no primeiro dia de comercialização de 2021. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, o mercado começou forte 2021, com pedidas bem acima por parte dos vendedores, seguindo um pouco o ambiente internacional e no final do dia o dólar em elevação.

No Porto de Santos, o preço ficou em R$ 80,00/85,00 a saca. No Porto de Paranaguá (PR), preço em R$ 80,00/84,00 a saca.

No Paraná, a cotação ficou em R$ 76,00/81,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 80,00/82,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 82,00/85,00 a saca.

No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 83,00/85,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 73,00/75,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 70,00 – R$ 73,00 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 64,00/67,00 a saca em Rondonópolis.

Chicago 

Os contratos do milho com vencimento em março operam com alta de 0,51% neste momento, cotados a US$ 4,86 1/4 por bushel.

O mercado chegou a registrar perdas mais cedo, mas reagiu e se firmou no território positivo.

A interrupção nas exportações argentinas de milho até  o final de fevereiro segue como fator de suporte.

Câmbio 

O dólar comercial registra valorização de 0,11% a R$ 5,277.

Indicadores financeiros 

  • As principais bolsas da Ásia encerraram em alta. Xangai, +0,73%. Tóquio, -0,37%, sendo a exceção.
  • As principais bolsas na Europa operam em baixa. Paris, -0,35%; e Londres, -0,09%.
  • O petróleo opera em alta. Fevereiro do WTI em NY: US$ 48,47 o barril (+1,78%).
  • O Dollar Index registra baixa de 0,27%, a 89,63 pontos.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Dylan Della Pasqua - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.