InícioDestaqueTrigo despenca em Chicago pressionado por realização e temores de recessão

Trigo despenca em Chicago pressionado por realização e temores de recessão

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços acentuadamente mais baixos. O mercado foi pressionado por um movimento de realização de lucros após a disparada de ontem, quando a tensão nuclear fez o cereal subir mais de 4%. Essa foi a segunda queda nas últimas oito sessões. Os preços atingiram, na segunda-feira, o maior nível em sete semanas.

Além disso, segundo agências internacionais, as preocupações com a possibilidade de recessão nos Estados Unidos, na China e na União Europeia contribuíram com a desvalorização. Analistas disseram que a forte alta de ontem pareceu exagerada, considerando os fundamentos. Completando o quadro baixista, aparecem as melhores chuvas e os bons rendimentos nas Planícies dos EUA.

Os investidores aguardam o relatório de preços da FAO, órgão das Nações Unidas para alimentação. O documento deve ser divulgado no final desta semana. Os números têm sido observados de perto desde o início da guerra na Ucrânia.

No fechamento de hoje, os contratos com entrega em dezembro de 2022 eram cotados a US$ 8,20 1/4 por bushel, recuo de 22,50 centavos de dólar, ou 2,66%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em março de 2023 eram negociados a US$ 8,36 1/4 por bushel, baixa de 21,25 centavos, ou 2,47%, em relação ao fechamento anterior.

Fonte: Agência SAFRAS



Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares