Os preços do trigo continuam avançando no Brasil. Segundo pesquisadores do Cepea, a sustentação vem especialmente da retração das vendas por parte de produtores do Paraná, que se mostram capitalizados e atentos à colheita do cereal.

Além disso, estimativas indicando menor oferta para o Rio Grande do Sul e para a Argentina, principal fornecedora do cereal ao Brasil, também reforçaram o movimento de alta nas cotações.

Do lado da demanda, compradores com necessidade de estoques enfrentam dificuldades em encontrar novos lotes. Entre 13 e 19 de outubro, as cotações do trigo no mercado de lotes subiram 3,6% no Rio Grande do Sul e 3,06% no Paraná, indo para respectivos R$ 1.204,51/tonelada e R$ 1.279,03/t nessa segunda-feira, 19.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: Cepea/Esalq

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.