InícioDestaqueAJUDA AO RS: Ministro detalha medidas de apoio aos agricultores do RS,...

AJUDA AO RS: Ministro detalha medidas de apoio aos agricultores do RS, em entrevista à Voz do Brasil

Oministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), Paulo Teixeira, falou, em entrevista ao programa Voz do Brasil, sobre as ações do Governo Federal e as medidas de apoio aos agricultores familiares do Rio Grande do Sul que foram atingidos pelas enchentes decorrentes do grande volume de chuvas no estado.

Paulo Teixeira acredita que cerca de 140 mil produtores foram duramente afetados no estado e está solidário com a situação dramática em que se encontram muitos agricultores e agricultoras que perderam todo o investimento. Ele ressaltou que, além das medidas que já foram providenciadas até agora, outras serão tomadas para auxiliar na reconstrução da agricultura familiar e ajudar o Brasil, dentro do Rio Grande do Sul, a produzir alimentos de qualidade.

“Todas as dívidas de crédito rural foram suspensas por 105 dias. Portanto, as instituições financeiras estão autorizadas a prolongarem automaticamente para 15 de agosto de 2024 as parcelas de crédito rural que tenham vencimento de 1º de maio a 14 de agosto de 2024. É uma medida ainda inicial, mas o agricultor não deve se preocupar agora com o pagamento”, afirmou o ministro.

O Governo Federal também abriu um crédito especial de R$ 600 milhões pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), com 120 meses para pagar, três anos de carência e um desconto de 30%. O Ministério da Agricultura e *Pecuária” liberou, por 90 dias, a comercialização interestadual de produtos de origem animal do Rio Grande do Sul. Isso vai ajudar a agroindústria familiar, principalmente os produtores de queijo e derivados.

Assistência Técnica e Extensão Rural

O ministro explicou que o solo foi afetado e que muita gente perdeu toda a instalação para agricultura, inclusive animais. Por isso, nesse primeiro momento, o MDA está contando com a ajuda da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) do Rio Grande do Sul para fazer o levantamento das perdas para efeito de cobertura de seguro agrícola e cobertura estatal. Em seguida, os técnicos da Emater vão auxiliar os agricultores a recuperarem as suas propriedades e a sua produção, por meio da assistência técnica.

“Vamos precisar reconstruir o estado com uma agricultura regenerativa que possa recuperar as matas ciliares, as áreas de proteção ambiental, para que, futuramente, não tenhamos os mesmos efeitos que as fortes chuvas levaram a esse tipo de agricultura que temos hoje”, ressaltou o ministro.

“Todas as atividades agrícolas foram atingidas e todas passarão por essa reconstrução. Outras medidas estão sendo estudadas para que os agricultores e agricultoras gaúchos possam ter acesso ao financiamento. Os municípios que estão em estado de calamidade e em situação de emergência serão todos atendidos pelo Governo Federal”, acrescentou.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares