InícioDestaqueAtributos de qualidade de sementes: genéticos

Atributos de qualidade de sementes: genéticos

No texto de hoje vamos ver quais os atributos de qualidade das sementes. 

Você já viu no texto anterior (Vigor e desempenho de sementes), que vários fatores podem influenciar na qualidade das sementes.

Hoje vamos ver como os atributos de qualidade são divididos, e o que precisamos saber sobre os genéticos.

Os atributos de qualidade podem ser divididos em genéticos, físicos, fisiológicos e sanitários.

Erradicação de plantas indesejáveis (roguing). Fonte: Embrapa.

Atributos Genéticos

Os atributos genéticos são aqueles que envolvem:

  • pureza varietal;
  • potencial de produtividade;
  • resistência a pragas e doenças;
  • precocidade;
  • qualidade do grão;
  • resistência a condições adversas de solo e clima.

Essas características citadas acima são, influenciadas pelo meio ambiente.

São necessárias diversas medidas para evitar as contaminações genéticas e varietais. Isso porque, buscamos algumas características e, caso ocorra troca de grãos de pólen entre cultivares diferentes, pode acontecer uma contaminação genética.

A contaminação genética ocorre na fase de produção das sementes no campo.

Já, a contaminação varietal, ocorre quando sementes de diferentes variedades se misturam, o que acontece na pós-colheita. 

Algumas das principais características que são buscadas pelos produtores, e que, estão aos poucos sendo introduzidas são:

  • resistência à deterioração de campo;
  • capacidade de germinar em condições de baixa temperatura;
  • capacidade de germinar a maiores profundidades do solo.

Campos de multiplicação de sementes: A- arroz, B – milho, C – soja e D – trigo. Fonte: Agrolink.

Como evitar a contaminação genética e varietal?

Algumas práticas de manejo podem ser adotadas em campos de produção de sementes, para evitar as contaminações como:

  • isolamento do campo;
  • espaço;
  • época de semeadura;
  • barreiras;
  • roguing.

Essas técnicas ajudam a evitar a polinização cruzada no campo de produção de sementes. 

O isolamento do campo de produção de sementes, é a forma mais simples para evitar a polinização cruzada. Este pode ser feito por meio do espaço, tempo e barreiras.

O espaço, é a distância do campo de produção de sementes de outras fontes de contaminação de pólen.

 

A época de semeadura é quando o florescimento de cada cultivar presente na área de produção de sementes acontece em épocas diferentes.

As barreiras podem ser naturais, como montanhas e morros, ou plantas de bordadura (barreiras vegetais).

O roguing, é a erradicação de plantas indesejáveis, e, deve ser realizado durante a fase de multiplicação do material genético.

No roguing, as plantas daninhas, plantas de outras cultivares e plantas atípicas, são retiradas.

Conclusão

Vimos neste texto sobre os atributos genéticos das sementes, e quais as principais características que estão sendo introduzidas nas sementes.

O controle da qualidade genética é feito para evitar as contaminações genéticas e varietais, por meio de técnicas de isolamento dos campos de produção de sementes.

No próximo texto, vamos ver sobre os atributos físicos na qualidade de sementes.

Gostou do texto? Tem mais dicas sobre os atributos genéticos na qualidade de sementes? Adoraria ver o seu comentário abaixo!

Sobre a Autora: Ana Ligia Giraldeli. Sou Engenheira Agrônoma formada na UFSCar. Mestra em Agricultura e Ambiente (UFSCar), Doutora em Fitotecnia (USP/ESALQ) e especialista em Agronegócios. Atualmente sou professora da UNIFEOB.

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares