InícioDestaqueCMN aprova elevação dos limites da receita anual para efeito da classificação...

CMN aprova elevação dos limites da receita anual para efeito da classificação do produtor rural

Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira (29) a elevação dos limites da Receita Bruta Agropecuária Anual (RBA) para efeito da classificação do produtor rural, pessoa física ou jurídica, da seguinte forma:

a) pequeno produtor: de até R$ 415.000,00 para até R$ 500.000,00

b) médio produtor: de acima de R$ 415.000,00 até R$ 2.000.000,00 para acima de R$ 500.000,00 até R$ 2.400.000,00; e

c) grande produtor: de acima de R$ 2.000.000,00 para acima de R$ 2.400.000,00.

A ampliação do valor da renda bruta para enquadramento no Pronaf já havia sido anunciada durante o lançamento do Plano Safra, e foi uma demanda apresentada pelos agricultores familiares.

O CMN também elevou, no âmbito do Pronaf, de até R$ 165.000,00 para até R$ 200.000,00, o limite de financiamento por ano agrícola para aquisição de colheitadeira automotriz usada e de R$ 80.000,00 para R$ 96.000,00 o limite de financiamento por ano agrícola para aquisição de outras máquinas, equipamentos e implementos usados.

O CMN é um órgão colegiado presidido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e composto pelo presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, e pelo secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Bruno Funchal. Nesta oportunidade, a secretária especial adjunta do Tesouro e Orçamento, Gildenora Batista Dantas Milhomem, atuou como substituta do secretário especial Bruno Funchal.

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares