InícioDestaqueConsórcio de plantas de cobertura é estratégia para promover boa cobertura do...

Consórcio de plantas de cobertura é estratégia para promover boa cobertura do solo e diversificar espécies no sistema plantio direto

Visando garantir não só a sustentabilidade, como também a manutenção da produtividade das culturas de verão, o cultivo de plantas de cobertura é essencial durante a entressafra das culturas agrícolas, especialmente nos períodos de outono e inverno. Uma das principais ferramentas para isso é a diversificação de espécies no sistema de rotação de culturas, contemplando espécies que proporcionem boa cobertura do solo, além de contribuições benéficas ao sistema de produção, como ciclagem de nutrientes, quebra do ciclo de pragas e patógenos, entre outros.

A diversificação de culturas em sistemas de produção de soja é determinada por meio do planejamento e da adoção de um modelo de produção, que compreende os arranjos temporal e espacial das espécies vegetais e/ou animais que compõem os sistemas agrícolas (Seixas et al., 2020).  Cabe destacar que o posicionamento de espécies forrageiras ou de cobertura é tão importante quando a inserção delas no sistema de produção. Algumas espécies possuem maior capacidade em ciclar nutrientes, enquanto outras apresentar características como maior persistência da palhada residual.

Levando em consideração que normalmente espécies pertencentes a família Poaceae, popularmente conhecidas como gramíneas, apresentam maior persistência de palhada que espécies pertencentes a família Fabaceae, o consorcio entre ambas as espécies pode ser uma alternativa vantajosa do ponto de vista sustentável, agregando ao sistema de produção, a boa cobertura residual proporcionada das gramíneas como o bom acúmulo de nutrientes realizado pelas leguminosas (especialmente o Nitrogênio).

Tradicionalmente, uma das principais espécies empregadas como planta de cobertura no Sul do Brasil é a aveia-preta. Por apresentar elevada aptidão e boa produção de palhada, a aveia-preta se destaca durante o período de inverno como planta de cobertura. Outras espécies a exemplo do azevém e da ervilhaca também são comumente encontradas em lavouras agrícolas durante os períodos entressafra, servindo como plantas de coberturas e fontes de adubação verde.



Visando maior aproveitamento dos benefícios ofertados por essas espécies, o consórcio e/ou o “mix” dessas plantas de cobertura pode-se constituir uma importante ferramenta de manejo, principalmente por apresentarem uma grande produção de matéria seca. Atrelado a isso, a diversificação de espécies possibilita a melhoria de atributos físicos, químicos e biológicos do solo, estimulando a fauna edáfica do solo e consequentemente a decomposição e mineralização de resíduos culturais, contribuindo para o aumento da matéria orgânica do solo.

Embora muito se associe a cobertura do solo ás plantas de cobertura, elas também desempenham importante papel na melhoria estrutural do solo. A diversificação de espécies implica na diversificação de raízes de plantas, contribuindo também para a melhoria da taxa de infiltração de água no solo, formação de agregados, redução da densidade do solo, entre outros.

Com base no potencial de produção de matérias seca de consórcios de plantas de cobertura (tabela1), pode-se dizer que essa é uma atrativa e interessante ferramenta para o plantio direto, cujo uma das premissas baseia-se na cobertura permanente do solo.

Tabela 1: Rendimento de Matéria Seca (MS) em kg ha-1, de consorciação de gramíneas (Poaceae) e leguminosas (Fabaceae). Passo Fundo, 1992/1994.

AP = Aveia Preta; AB = Aveia Branca. Fonte: Floss (2022)

Veja mais: Nabo forrageiro – ciclagem de nutrientes e descompactação do solo!


Referências:

FLOSS, E. L. MAXIMIZANDO O RENDIMENTO DA SOJA “ECOFISIOLOGIA, NUTRIÇÃO E MANEJO”. Passo Fundo, Passografic, ed. 2, 2022.

SEIXAS, C. D. S. et al. TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE SOJA. Embrapa, Sistemas de Produção, n. 17, 2020. Disponível em: < https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/223209/1/SP-17-2020-online-1.pdf >, acesso em: 17/06/2022.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)

 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares