InícioDestaqueDATAGRO Grãos: comercialização da soja brasileira safra 2023/24 alcança 65,7% da produção...

DATAGRO Grãos: comercialização da soja brasileira safra 2023/24 alcança 65,7% da produção estimada

Levantamento realizado pela DATAGRO Grãos mostra que, até o final de maio, a comercialização brasileira da safra 2023/24 de soja alcançou 65,7% da produção esperada, acima dos 58,6% observados em igual período do ano passado, mas ainda muito distante dos 87,5% do recorde da safra 2019/20 e dos 72,4% da média dos últimos cinco anos.

O avanço mensal foi de 13,7 pontos percentuais, superior aos 9,4 p.p. registrados no mês anterior, aos 7,0 p.p. de 2023 e aos 7,4 p.p. da média normal. “O ritmo melhor dos negócios confirmou nossa expectativa, pois a esperada valorização dos preços efetivamente aconteceu. Também por conta da necessidade de alavancagem de recursos para a compra de insumos da safra 2024/25”, comenta Flávio Roberto de França Junior, economista e líder de conteúdo da DATAGRO Grãos.

Considerando a atual estimativa de produção em 147,6 milhões de toneladas, os produtores brasileiros negociaram, até a data analisada, 97,0 mi de t de soja. Em igual período do ano passado, esse volume de produção negociado estava menor em termos relativos e absolutos, chegando a 94,2 mi de t.

Safra 2024/25 As negociações da safra 2024/25 também apresentaram melhor avanço no período analisado. O levantamento da DATAGRO Grãos aponta para 8,6% da expectativa de produção compromissada, salto mensal de 3,4 p.p., acima dos 2,9 p.p. em semelhante época do ano passado e dos 3,3 p.p. da média plurianual. No entanto, o fluxo está aquém dos 9,4% compromissados em 2023 e muito distante dos 33,1% do recorde da safra 2020/21, além de abaixo dos 17,2% da média plurianual. Conforme exercício inicial realizado pela consultoria – a intenção de plantio sai em julho –, a projeção para safra 2023/4 é de 160,5 mi de t, o que representaria um crescimento de 9% ante a temporada atual.

Milho

As negociações da safra 2023/24 do milho de verão no Centro-Sul do Brasil também andaram de forma mais acelerada em maio. O levantamento da DATAGRO Grãos aponta para 40,4% da expectativa de produção compromissada, salto mensal de 11,0 p.p., em linha com a média plurianual, acima dos 9,5 p.p. apontados no levantamento anterior e dos 9,3 p.p. em semelhante época do ano passado. Dessa forma, a comercialização se encontra aquém dos 49,2% compromissados em igual momento de 2023 e muito distante dos 63,0% da média normal.

“Em números absolutos, temos vendas de 7,2 mi de t, de uma safra de 17,8 mi de t. Nessa mesma época de 2023 tínhamos vendas de 9,9 mi de t”, comenta França Junior.

A comercialização da safra de inverno 2024 da região, estimada em 81,3 mi de t, chegou a 31,7%, contra 22,8% no levantamento anterior, 34,3% na mesma data do ano passado e média plurianual de 49,0%.

Fonte: Assessoria de imprensa Datagro



 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares