InícioDestaqueDestaques da semana Mais Soja

Destaques da semana Mais Soja

Formulação de biológicos: como é feita?

A pesquisa e o desenvolvimento dos produtos biológicos priorizam a entrega de insumos de alta eficiência, bons prazos de validade, que se adaptem ao uso agrícola e sejam compatíveis às práticas das lavouras. Para isso, a formulação desempenha um papel crucial. Ela envolve uma combinação de cuidados, ingredientes ativos, adjuvantes, estabilizadores e outros componentes.

Confira o texto aqui.



Corós na cultura do trigo

A cultura do trigo (Triticum aestivum), é uma das principais culturas de inverno na região Sul do Brasil, responsável por gerar renda e contribuir para a manutenção do sistema plantio direto. Contudo, o trigo esta suscetível ao ataque de pragas durante todo seu ciclo de desenvolvimento, essas pragas podem provocar prejuízos à cultura.  Os corós representam uma das principais pragas que acometem a cultura do trigo, sendo duas espécies predominantes, o coró das pastagens (Diloboderus abderus) e o coró-do-trigo (Phyllophaga triticophaga) (Coleoptera: Melononthidae). Cunha & Caierão (2023), destacam que somente as larvas, de natureza polífaga, têm a capacidade de causar danos à cultura.

Veja mais aqui.


CTC do solo, o que é e qual sua importância?

Uma dessas características, está relacionada a presença de cargas elétricas nos colóides do solo que possibilitam a troca de cátions, também conhecida como CTC (capacidade de troca de cátions). A capacidade de troca de cátions (CTC) corresponde à soma das cargas negativas nas partículas microscópicas do solo (fração argila, e matéria orgânica) retendo os cátions, tais como cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+), potássio (K+), sódio (Na+), alumínio (Al3+) e hidrogênio (H+). A importância da CTC refere- se não só a retenção de cátions, mas também da água, além de ter direta relação com a estruturação e consistência do solo (Souza; Lima; Teixeira., 2009).

Veja tudo aqui.


Nitrogênio: importância, manejo e sintomas de deficiência

O nitrogênio pode ser absorvido por diferentes formas na planta, sendo que sua absorção pode ser oriunda da atmosfera, ou solo nas formas N2, NH4+ e NO3. A principal forma de absorção na maioria das culturas é NO3 por conta do processo de nitrificação que ocorre no solo. Para as culturas com capacidade de realizar a Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN) como a soja por exemplo, a maior absorção do elemento se dá na forma de N2.

Confira aqui.


Apenas fungicidas multissítios são protetores?

Os fungicidas multissítios são muito empregados no manejo da resistência de doenças a fungicidas, visto que a seletividade dos fungicidas sítio-específicos, pode resultar no desenvolvimento de resistência por parte do patógeno caso o uso desses fungicidas seja frequente. Logo, gerenciar o uso de fungicidas, sejam eles multissítios ou sítio-específicos é de suma importância para o manejo da resistência de doenças em plantas, sendo um componente crítico para retardar o desenvolvimento de populações resistentes, pela pressão de seleção exercida pela aplicação de fungicidas (FRAC-BR, 2022).

Veja mais aqui.


Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares