InícioDestaqueGesso agrícola e a acidez do solo

Gesso agrícola e a acidez do solo

Calagem, gessagem e adubação, são práticas de manejo comuns em sistemas de produção de grãos, e necessárias para a manutenção da fertilidade do solo e correção do pH, visando a obtenção de altas produtividades e a sustentabilidade das culturas agrícolas.

Além de inadequados teores nutricionais, a acidez do solo é um dos principais fatores limitantes do crescimento e desenvolvimento vegetal, restringindo a produtividade das lavouras.

Visando reduzir a acidez e adequar o pH do solo, a calagem é a principal estratégia empregada, contudo, em virtude de características e particularidades do calcário, existe uma certa dificuldade de se corrigir as camadas mais profundas do solo, especialmente se tratando de sistemas plantio direto consolidados. Em casos mais extremos, onde existe a necessidade de corrigir o pH em profundidade, a reinicialização do sistema e incorporação do calcário podem ser necessárias.

A baixa mobilidade do calcário no solo limita as camadas corrigidas por ele. Em algumas situações, com o objetivo de evitar ou protelar a reinicialização do sistema, é possível utilizar insumos com características benéficas ao sistema, sendo um deles, o gesso agrícola. Embora seus atributos sejam comumente confundidos com os do calcário, o gesso agrícolas não altera o pH do solo, mas pode atenuar os efeitos da acidez.



Em função da maior mobilidade no perfil do solo, o gesso diminui a toxidez por Al3+ e aumenta os teores de Ca2+ e de enxofre em subsuperfície, resultando em um ambiente menos limitante para o desenvolvimento das raízes das plantas (Seixas et al., 2020). Em média, o gesso agrícola possui em sua composição 15% de enxofre e 18% de cálcio (Embrapa, 2020).

Figura 1. Redução da saturação por alumínio (%) na CTC efetiva da camada subsuperficial (abaixo de 20 cm) de um solo argiloso (55-60% de argila), seis meses após a aplicação de altas doses gesso agrícola em superfície, em experimento conduzido na Fundação MS, Maracaju – MS (Gitti; Roscoe; Rizzato, 2018).

Fonte: Gitti; Roscoe; Rizzato (2018)

Além de atuar como fonte de cálcio e enxofre, o gesso agrícola possui atributos que possibilitam a ele atuar como bom condicionador do solo, promovendo melhor ambiente para o crescimento e desenvolvimento radicular das plantas, podendo alcançar camadas mais profundas do solo em virtude da sua maior mobilidade em comparação ao calcário. Conforme observado por Sousa; Lobato; Rein (2005), a utilização do gesso agrícola pode, inclusive, melhorar a distribuição de raízes das plantas no perfil do solo, contribuindo para o aumento do volume de solo explorado, água a nutrientes.

Figura 2. Distribuição relativa de raízes de milho no perfil de um Latossolo argiloso sem aplicação e com aplicação de gesso agrícola.

Fonte: Sousa; Lobato; Rein (2005)

Os benefícios da utilização do gesso agrícolas podem refletir no aumento da produtividade da soja. Avaliando o desempenho da soja sob diferentes doses de gesso agrícola, Ascari & Mendes (2017) observaram respostas positivas da produtividade em função da adição de gesso agrícola no solo, destacando a importante contribuição desse insumo no aumento produtivo da soja.

Figura 3. Produtividade de soja em função de doses de gesso agrícola aplicado na superfície do solo.

Fonte: Ascari & Mendes (2017)

Embora o gesso agrícola tenha sido tema de diversas pesquisas e estudos, ainda há certa carência em compreender a real dinâmica desse insumo, principalmente por técnicos e produtos, assim como a interação do gesso no solo e planta, as respostas a aplicação do gesso agrícola e a necessidade da realização da gessagem para a obtenção de altas produtividades.

Além do Uso do gesso agrícolas, nesse curso você terá acesso a mais 9 aulas para otimizar o manejo do solo, sendo elas:

  • Origem, efeitos e componentes da acidez;
  • Necessidade da correção;
  • Aplicação e efeito residual;
  • Resultados do Gesso;
  • Os Cátions no Solo;
  • Respostas ao Enxofre;
  • Nitrogênio em soja;
  • Dinâmica do K no solo e;
  • Dinâmica do P no solo.

E ainda mais: Cadastrados no lançamento do curso terão acesso a benefícios exclusivos, como:

  • Liberação GRATUITA do módulo “Respostas ao enxofre”, apenas no dia 23/12 às 19h;
  • 1 camiseta Mais Soja GRÁTIS, para os matriculados que estiverem no lançamento (bônus para matrículas realizadas entre os dias 23 e 27/12);
  • Módulos exclusivos no seu curso, para os matriculados que estiverem no lançamento (bônus para matrículas realizadas entre os dias 23 e 27/12);
  • Desconto de 17% na sua matrícula.

Cadastre-se Gratuitamente clicando aqui!



Referências:

ASCARI, J. P.; MENDES, I. R. N. DESENVOLVIMENTO AGRONÔMICO E PRODUTIVO DA SOJA SOB DIFERENTES DOSES DE GESSO AGRÍCOLA. Revista Agrogeoambiental, Pouso Alegre, v. 9, n. 4, dez. 2017. Disponível em: < https://agrogeoambiental.ifsuldeminas.edu.br/index.php/Agrogeoambiental/article/view/1014 >,a cesso em: 20/12/2021.

EMBRAPA. PRODUTORES DEVEM FICAM ATENTOS AO USO DO GESSO AGRÍCOLA. EMBRAPA, NEWS, 2010. Disponível em: < https://www.embrapa.br/en/busca-de-noticias/-/noticia/18119102/produtores-devem-ficar-atentos-ao-uso-do-gesso-agricola >, acesso em: 20/12/2021.

GITTI, D. C.; ROSCOE, R.; RIZZATO, L. A. MANEJO E FERTILIDADE DO SOLO PARA A CULTURA DA SOJA. Fundação MS, Tecnologia e Produção: Soja 2017/2018, 2018. Disponível em: < https://www.fundacaoms.org.br/base/www/fundacaoms.org.br/media/attachments/299/299/5bf01cb30ac6d775cb98755cfc5ae770491d2c5959247_01-manejo-e-fertilidade-do-solo-para-a-cultura-da-soja-somente-leitura.pdf >, acesso em: 20/12/2021.

SEIXAS, C. D. S. et al. TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE SOJA. Embrapa, Sistemas de Produção, n. 17, 2020. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/1123928/1/SP-17-2020-online-1.pdf >, acesso em: 20/12/2021.

SOUSA, D. M. G.; LOBATO, E.; REIN, T. A. USO DO GESSO AGRÍCOLA NOS SOLOS DO CERRADO. Embrapa, Circular Técnica, n. 32, 2005. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/568533/1/cirtec32.pdf >, acesso em: 20/12/2021.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares