InícioDestaqueMercado: Milho encerrou a quinta-feira em alta

Mercado: Milho encerrou a quinta-feira em alta

FECHAMENTOS DO DIA 23/05

A cotação de julho24, referência para a nossa safra de verão, fechou em alta de 0,60 % ou $ 2,75 cents/bushel a $ 464,00. A cotação para setembro24, fechou em alta de 0,64 % ou $ 3,00 cents/bushel a $ 473,25.

ANÁLISE DA ALTA

O milho negociado em Chicago fechou em alta nesta quinta-feira. As cotações refletiram as boas vendas externas dos Estados Unidos. O USDA informou que exportadores venderam 911,2 mil toneladas de milho da safra 2023/24, volume 23% maior que o da semana anterior. Para a safra 2024/25 foram vendidas 305 mil toneladas, totalizando 1,216 milhão de toneladas de vendas totais.

O clima é um ponto chave no plantio americano, ao mesmo tempo em que fortes chuvas no Centro-Oeste são registradas e podem atrasar o plantio, o Monitor da Seca nos EUA apontou que apenas 10% das áreas destinadas ao milho apresentam algum grau de seca. O Iowa, estado maior estado produtor e que demandava maior atenção, a parcela do solo com seca moderada diminuiu de 27,43% para 20,91%. Já a parcela com estiagem severa caiu de 16,09% para 0%.

B3-MERCADO FUTURO DE MILHO NO BRASIL
B3: Milho muda de lado nesta quinta-feira, e fecha com perdas; safrinha avança

Os principais vencimentos de milho fecharam esta quinta-feira em recuo. Com exceção dos vencimentos janeiro/25 e março/25, acumularam-se perdas nos demais contratos, principalmente àqueles vinculados à safrinha já que a oferta chegando do campo começa a pressionar as cotações.

Nem o movimento da Bolsa de Chicago – que fechou o dia em US$ 4,64 e +2,75 pontos de alta no julho – foi suficiente para frear as perdas. Dólar fechando o pregão a R$ 5,153, com variação negativa de -0,06%.

OS FECHAMENTOS DO DIA 23/05

Diante deste quadro, as cotações futuras fecharam em variações positivas: o vencimento de julho/24 foi de R$ 59,25 apresentando baixa de R$ 0,32 no dia, alta de R$ 0,10 na semana; setembro/24 fechou a R$ 62,90, baixa de R$ 0,23 no dia, alta de R$ 0,72 na semana; o vencimento novembro/24 fechou a R$ 66,11, baixa de R$ 0,07 no dia e alta de R$ 0,96 na semana.

NOTÍCIAS IMPORTANTES
IGC AUMENTA OS ESTOQUES FINAIS EM 5 MT PARA A PRÓXIMA SAFRA (BAIXISTA)

Quanto ao milho, o Conselho reduziu a estimativa de produção de 2023/24 em 2 milhões de toneladas, para 1,225 bilhão de t. O volume é maior que o projetado para 2022/23 e 2024/25, de 1,163 bilhão de toneladas e 1,220 bilhão de t, respectivamente. A previsão para consumo subiu em 1,219 bilhão de t para a temporada atual, enquanto para 2022/23 ficou em 1,182 bilhão de t e em 1,225 bilhão de t para 2024/25. Os estoques foram estimados em 286 milhões de t, contra 279 milhões de t em 2022/23 e 281 milhões de t em 2024/25.

EUA-EXPORTAÇÕES CONTINUAM SUSTENTANDO OS PREÇOS

O relatório semanal de vendas de exportação do USDA apontou um máximo de 4 semanas nas reservas de milho em 911.151 toneladas durante a semana de 16 de maio. Isso ficou na média das estimativas de 500.000 toneladas e 1,2 milhões de toneladas e 22,8% acima da semana anterior.

O principal comprador foi o México, de 350.300 toneladas métricas, com 273.800 toneladas vendidas para a China (263.000 toneladas trocadas de desconhecido) e 220.100 toneladas adquiridas por importadores japoneses. As vendas de safra NOVA chegaram a 304.952 toneladas, a segunda maior para o ano comercial e 286.000 toneladas vendidas para o México.

ARGENTINA-COLHEITA DE MILHO ATINGE 28,2%, CONDIÇÃO BOA DIMINUI, DIZ BOLSA DE CEREAIS

A colheita de milho na Argentina alcançou 28,2% da área apta na última semana, avanço de 2,8 pontos porcentuais ante a semana anterior. O rendimento médio nacional está em 8.190 quilos por hectare, e a estimativa de produção foi mantida em 46,5 milhões de toneladas.

A parcela da safra de milho em condição entre normal e excelente caiu de 54% para 51% na semana. Já a parcela em condição regular ou ruim passou de 46% para 49%.

Fonte: T&F Agroeconômica



Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares