InícioDestaqueRio Grande do Sul está com a Colheita de Arroz oficialmente aberta

Rio Grande do Sul está com a Colheita de Arroz oficialmente aberta

31ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas do RS está declarada aberta no Governo do Estado do RS. No terceiro e último dia desta edição, na Estação Experimental Terras Baixas da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão/RS, se realizou o ato solene do evento com a presença do vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, o vice-Governador do RS, Ranolfo Vieira Junior, e os dirigentes das instituições parceiras promotoras do evento, a Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), o Instituto Riograndense do Arroz (Irga), a Embrapa e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), acompanhados por autoridades.

O ato contou com a fala de acolhida pelo presidente da Federarroz, Alexandre Velho, que lembrou da importância da cultura do arroz para os 200 municípios gaúchos ao aumentar o compromisso das instituições representativas do setor ao levar sustentabilidade para o setor de negócios do agro.

A Embrapa, anfitriã da Abertura da Colheita pelo terceiro ano consecutivo, representada pelo chefe-geral da unidade de pesquisas local, Roberto Pedroso de Oliveira da Embrapa Clima Temperado (Pelotas/RS), iniciou sua fala referindo-se aos contratempos enfrentados pelas intempéries climáticas ocorridas no dia 10, comparando aos riscos que o produtor rural também enfrenta até chegar o dia da celebração da colheita. “Agricultura se faz com trabalho, em dia de sol ou em dia de chuva”, ponderou o dirigente.

Roberto Pedroso de Oliveira mencionou ainda a diversificação de trabalhos de pesquisa apresentados pela Embrapa, através da participação de oito diferentes unidades de pesquisa do País, com as novas cultivares, sistemas de cultivos otimizados para grãos e pecuária, métodos de sistematização do solo e de irrigação e de mitigação de emissão de gases de efeito estufa para contribuir para temática central  “Os Novos Rumos do Sistema de Produção” e atender 5,4 milhões de terras baixas no Estado do RS.

O vice-governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior, reforçou também a importância da cultura, com uma produção de 70% do arroz no RS, especialmente com a participação da Metade Sul ao garantir 30 mil pessoas empregadas diretamente e ocupar 950 mil hectares da área agrícola do Estado.

O discurso do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, trouxe uma mensagem de reconhecimento ao produtor de arroz ao contribuir de maneira significativa para a segurança alimentar do povo brasileiro. Destacou a necessidade de melhorar a infraestrutura de estradas e portos para o escoamento da produção, assim como seguro agrícola, incentivo à irrigação, liberdade para a aquisição de insumos e apoio à pesquisa da Embrapa. “Somos uma “agropotência ambiental”, sendo possível ver a preservação do território nacional e, ao mesmo tempo, a forma como os produtores rurais evoluíram tecnologicamente e, hoje, são responsáveis pela segurança alimentar no país e no mundo”, disse Mourão.

Ele ainda frisou as diversas crises enfrentadas pelo País: da saúde, da economia e a social associadas ao enfrentamento do Covid-19, há cerca de um ano, com a perda de 230 milhões de vidas de brasileiros, a queda no Produto Interno Bruto (PIB) e o desemprego. “O agronegócio não deixou de trabalhar em nenhum momento e foi devido a este setor que mantivemos a nossa população em paz e a dos outros países que recebem o nosso alimento”, destacou.

A cerimônia foi finalizada com a descarga de grãos de arroz no silo, simbolizando o ato de abertura da colheita, acompanhada por autoridades. A expectativa é que o RS produza 73% a mais de arroz do que o ano passado e o indicativo é a geração de 70 bilhões de reais para o agronegócio gaúcho.

Fonte: Embrapa

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares