RS: Preços permaneceram inalterados em Rio Grande e Passo Fundo e subiram R$ 1,00/saca nas demais praças

Mais uma vez a curva dos preços tende a pender para o lado ou a queda, o que é significativo, depois do que comentamos acima. Por isto os preços permaneceram inalterados em R$ 166,50 no porto gaúcho de Rio Grande, para pagamento em 6 de novembro.

Em Canoas o preço subiu apenas R$ 0,50 para R$ 166,50 para pagamento em 06 de novembro. Em Ijuí e em Cruz Alta subiram mais um real/saca para R$ 167,00, para final de novembro e em Passo Fundo permaneceram inalterados em R$ 168,50, para final de novembro. Em Santa Rosa, os preços subiram R$ 3,00/saca para R$ 168,50/saca.

Soja futura, o preço subiu R$ 1,00/saca para R$ 140,50 entrega e pagamento em maio de 2021, o que equivale a R$ 134,00 no interior, no mercado de lote. O estado já comercializou cerca de 40% da safra 2020/21.

PARANÁ: Estado já negociou 50% da safra que está plantando e 5% da safra de 2022; preços inalterados

Os analistas da TF Agroeconômica estimam que já tenha sido negociado cerca de 50% da safra 2020/21 de soja que está sendo plantada no Paraná e em torno de 5% da safra 2021/22 que será plantada dentro de um ano.

No mercado de balcão o preço oferecido ao agricultor na região de Ponta Grossa manteve-se em R$ 150,00. Na tabela no 1 acima pode-se ver os preços para os produtores em outras praças. No mercado de lotes, para entrega em outubro o preço também se manteve em R$ 156,00/saca, em Ponta Grossa, pagamento meados de novembro. No interior dos Campos Gerais, porém, o preço se manteve inalterado em R$ 165,00, retirada outubro, mas pagamento em janeiro.

Em Paranaguá a cotação do mercado disponível também permaneceu inalterada a R$ 154,00, entrega no mês e pagamento final de outubro, cotação apenas nominal, porque não há negócios. Para a safra 2021, o preço continuou inalterado em $ 135,00/saca, em Ponta Grossa, entrega e pagamento abril/abril e R$ 137,00 em Paranaguá para entrega em março e pagamento em abril de 2021.

Soja para 2021 na Ferrovia, em Maringá, com entrega até 22/01, pagamento 15/02 – R$ 132,50 (R$130,50 anterior); entrega até 15/04, pagamento 30/04 – R$ 130,00 (R$128,00); entrega até 15/05, pagamento 31/05 – R$ 130,50) R$128,50; entrega até 15/06, pagamento 30/06 – R$ 132,00 (R$130,00); entrega até 15/07, pagamento 30/07 – R$ 132,50 (R$130,50).

MATO GROSSO DO SUL: Agricultores já venderam 50% da safra de 2021 e 4% da safra 2022

Da safra de soja de 2019/20 foram negociadas 20.000 toneladas com preços até R$ 170,00 na região de Dourados. Da safra de soja de 2020/21 futuro já foram negociadas cerca de 50%, preços de comprador a R$ 123 com ofertas a R$ 130,00. soja 2022 mercado quieto nesta semana – já vendeu até agora 4%.

MATO GROSSO: Mercado spot zero de negócios, agricultores preocupados com o plantio e a falta de chuva

Soja da safra 2019/2020 não teve negócios nesta semana, por falta de disponibilidade. Preços referenciais entre R$ 170,00 e R$ 173,00/saca. Soja da safra 2020/2021 foram negociadas 15.000 toneladas, comercialização muito lenta, vendedores retraídos devido à estiagem. Chuvas esparsas, sem força, irregulares, atraso de 10 a 12 dias no plantio. Agricultores plantando com força, para recuperar atraso. Preços entre R$ 123,00 a R$ 126,00/saca.

Soja da safra 2021/2022 foram negociadas 10.000 toneladas na semana, muito lenta de vendas. Produtor recuado, preocupado com clima. Preços entre R$ 112,00 e R$ 115,00/saca.

CERRADO: Boa movimentação nesta semana para as três safras

Em Goiás, da safra 2019/20 foram negociadas 12.900 toneladas na semana; da safra 2020/21 foram negociadas 33.800 toneladas e da safra 2021/22 foram negociadas 21.300 toneladas. Pesquisa entre as Tradings atuantes no estado apurou que 15% da área de soja da safra 2020/21 já foi plantada no estado. Com relação aos preços do mercado spot foram de R$ 162,50 em Anápolis, R$ 160,00 em Formosa e R$ 165,00 em Rio Verde.

Em Minas Gerais os preços fecharam a semana a R$ 175,00 em Iraí de Minas, R$ 163,00 em Patos de Minas, R$ 173,00 no Triângulo, R$ 165,00 em Uberlândia e R$ 166,50 em Unaí.

Na Bahia, os preços começaram a semana a R$ 150,00 no mercado spot e R$ 124,00 para maio de 2021 e terminaram a R$ 160,00/saca no spot e R$ 126,00 para maio de 2021. Com a alta dos preços da soja os agricultores saíram do mercado, preferindo vender milho, que subiu mais na semana.



Fonte: T&F Agroeconômica

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.