InícioDestaqueDestaques da semana Mais Soja

Destaques da semana Mais Soja

Microrganismos para o manejo da fertilidade do solo são promotores de crescimento de plantas

Os microrganismos voltados para o manejo da fertilidade do solo são promotores de crescimento de plantas. O pesquisador afirma que o que há no mercado, desde 2010, voltado para a cultura do milho e do trigo, inicialmente, foi o Azospirillum, o carro-chefe em termos de inoculante para gramíneas.

Confira o texto completo aqui.



Doenças de solo na soja

Foto: Leila Maria Costamilan

Ao longo do ciclo de desenvolvimento da soja, uma série de doenças podem surgir, acarretando prejuízos e comprometendo tanto a produtividade, quanto a qualidade das sementes produzidas. Esse cenário se intensifica em condições climáticas adversas, pois propiciam um ambiente favorável ao desenvolvimento e disseminação das doenças, tornando essencial a implementação de estratégias de manejo para mitigar os impactos negativos sobre a cultura.

Veja tudo aqui.


Cuidados no cultivo da soja em anos de El Niño

A incidência de chuvas está atrasando a semeadura da soja na região fria do Brasil, nos estados do RS, SC e sul do PR. A melhor época vai até o final de novembro, quando é possível alcançar as maiores produtividades com a cultura, mas a previsão é que o El Niño comece a perder força somente a partir de dezembro, ainda assim com bom volume de chuvas até o final do verão. A previsão do tempo exige planejamento do produtor para reduzir perdas por doenças na soja.

Confira o texto aqui.


Qual a função do Cobalto e Molibdênio na Soja?

O cobalto e o molibdênio são considerados nutrientes essenciais para o processo de fixação biológica do nitrogênio. O cobalto é parte da cobalamina (vitamina B12 e seus derivados), um componente de várias enzimas em microrganismos fixadores de nitrogênio. Em geral, os vegetais tendem a conter quantidades relativamente pequenas desse elemento (Taiz & Zeiger, 2017). O cobalto é essencial para que ocorra o processo de fixação do N2, uma vez que participa da síntese da cobamida e da leghemoglobina nos nódulos das plantas. Nesse sentido, a deficiência de cobalto pode resultar na deficiência de nitrogênio na cultura de soja devido à redução da eficiência da fixação de nitrogênio. Os sintomas de deficiência de cobalto são caracterizados por clorose total, seguida de necrose, que afeta principalmente as folhas mais velhas da planta (Sfredo & Oliveira, 2010).

O texto completo você encontra aqui.


Época de semeadura visando alto potencial produtivo no Sul do Brasil: estudo de caso com lavouras de soja

Para atingir produtividades próximas ao potencial produtivo da cultura, é necessário adequar a época de semeadura onde as melhores condições ambientais coincidam com as fases mais frágeis de seu desenvolvimento. Desse modo, busca-se possibilitar que a planta de soja cresça sem restrição hídrica, principalmente nas fases mais sensíveis (germinação/emergência, floração/enchimento de grãos) e coincida o período de formação de legumes e enchimento de grãos com o período de maior fotoperíodo e, consequentemente, maior coeficiente fototérmico.

Veja tudo aqui.


 

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares