Lagartas desfolhadoras são comumente encontradas na cultura da soja, sendo uma das principais, a lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens). Segundo Botelho; Silva; Ávila (2019), o consumo total de folhas pela praga pode variar de 64 a 200cm², dependendo do instar da praga, cultivar de soja entre outros fatores. Como principal consequência, temos a redução da área foliar fotossinteticamente ativa em com ela a redução da produção de fotoassimilados, refletindo em redução da produtividade da cultura.

Figura 1. Lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens).

Segundo Sosa-Gómez et al. (2014), a praga consome o limbo foliar da soja, deixando as nervuras das folhas o que confere aspecto rendilhado a elas. Dano esse, característico da falsa-medideira.



Figura 2. Dano característico da lagarta falsa-medideira.

Foto: A. de Freitas Bueno

Tendo em vista os danos ocasionados por essa praga, deve-se monitorá-la a fim de definir práticas de manejo que possibilitem o controle eficiente da lagarta. No entanto, para isso é preciso entender seu comportamento. Avaliando a flutuação populacional e distribuição vertical da falsa-medideira na cultura da soja, Zulin (2016) observou que das 282 lagartas amostradas para verificação da sua distribuição vertical na planta de soja em seu trabalho, 18% se concentraram no terço superior da planta, enquanto 34% se concentraram no terço médio e 48% no terço inferior, destacando assim a preferência das lagartas pelos terços médio e inferior da planta. Cabe destacar que das 282 lagartas avaliadas por Zulin (2016) em seu estudo, 186 eram lagarta pequenas e 96 lagartas grandes.

Figura 3. Distribuição vertical de lagartas de Chrysodeixis includens no perfil das plantas de soja na safra 2014/2015. Dourados, MS.

Barras seguidas de letras diferentes, os valores diferem estatisticamente pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade.
Fonte: Zulin (2016)

Conforme destacado por Engel & Pasini (2019), a nível experimental, sem a presença de predadores, radiação solar direta e com alimentação abundante, a falsa-medideira tende a se posicionar preferencialmente no terço superior da planta. Entretanto, a nível de campo essas condições podem não ser observadas fazendo com que o comportamento da praga mude buscando sua sobrevivência, se concentrando nos terços médios e inferiores da planta. A noite quando há a ausência de radiação solar e menor pressão de inimigos naturais a lagarta tende a se posicionar no terço superior da planta.

Figura 4. Alguns fatores que levam a mobilidade intra-planta da lagarta falsa-medideira.

Tendo conhecimento desse comportamento da falsa-medideira, pode-se pensar em estratégias de manejo que possibilitem o melhor controle da praga. Dentre as alternativas disponíveis, destacam-se aplicações de inseticidas noturnas e o aumento do volume de calda para aplicações diurnas. Essas estratégias podem aumentar a eficiência de controle de praga, entretanto, cabe destacar que somente o uso dessas, não é fundamental para garantir um controle eficaz da falsa-medideira, sendo crucial o uso da melhor tecnologia de aplicação dentro dos recursos e condições disponíveis.

Assim como a escolha do produto/defensivo adequado, o posicionamento desse produto no alvo é de suma importância para um manejo eficiente, seja de insetos, plantas daninhas ou doenças, sendo assim, a boa tecnologia de aplicação é essencial para um controle eficiente e eficaz.

Mas quando aplicar?

Conhecendo o comportamento da falsa-medideira, teoricamente as maiores chances de atingir o alvo ocorrem em aplicações noturnas, entretanto, cabe destacar que seja aplicação diurna ou noturna, o que irá definir o horário e/ou período de aplicação é as condições de tempo, especialmente umidade relativa do ar, temperatura e velocidade do vento. Em geral, as condições de tempo no momento da aplicação devem ser as seguintes: a temperatura mínima de 10°C; a ideal de 20 – 30 oC; e a máxima, de 35°C. A umidade relativa do ar mínima de 60%; ideal de 70 a 90%; e a máxima, de 95%. Não realizar aplicações na presença de ventos com velocidade inferior a 10 km/h sobre plantas estressadas e em caso de chuva iminente, sob pena de perda da eficiência do tratamento ou causar danos à cultura (Vargas & Gleber, 2005).

Leia +: Avaliação de inseticidas para o controle de falsa medideira Chrysodeixis includens (Lepidoptera: Noctuidae) na soja

Referência:

BOTELHO, A. B. R. Z.; SILVA, I. F.; ÁVILA, C. J. ASPECTOS BIOLÓGICOS DA LAGARTA-FALSA-MEDIDEIRA E SUA CRIAÇÃO EM LABORATÓRIO COM DIETA ARTIFICIAL. Embrapa, Circular Técnica, n. 47, 2019. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/1118272/1/36927.pdf >, acesso em: 02/02/2021.

ENGEL, E.; PANISI, M. P. B. MOBILIDADE INTRA-PLANTA DA LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA. Mais Soja, 2019. Disponível em: < https://maissoja.com.br/mobilidade-intra-planta-da-lagarta-falsa-medideira/ >, acesso em: 02/02/2021.

SOSA-GÓMEZ, D. R. et al. MANUAL DE IDENTIFICAÇÃO DE INSETOS E OUTROS INVERTEBRADOS DA CULTURA DA SOJA. Embrapa, Documentos, n. 269, 2014. Disponível em: < https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/105924/1/Doc269-OL.pdf >, acesso em: 02/02/2021.

VARGAS, L., GLEBER, L. SISTEMA DE PRODUÇÃO DE AMEIXA EUROPÉIA: TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO DE DEFENSIVOS. Embrapa, 2005. Disponível em: < https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Ameixa/AmeixaEuropeia/tecnologia.htm#:~:text=Em%20geral%2C%20as%20condi%C3%A7%C3%B5es%20de,m%C3%A1xima%2C%20de%2035%C2%B0C.&text=Altas%20temperaturas%20podem%20provocar%20a,aumentar%20a%20evapora%C3%A7%C3%A3o%20das%20gotas. >, acesso em: 02/02/2021.

ZULIN, D. FLUTUAÇÃO POPULACIONAL E DISTRIBUIÇÃO VERTICAL DE Chrysodeixis includens (WALKER) (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) NA CULTURA DA SOJA. Universidade Federal da Grande Dourados, Dissertação de mestrado, 2016. Disponível em: < https://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/bitstream/doc/1076007/1/DissertacaodaDaniele.pdf >, acesso em: 02/02/2021.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube

1 COMMENT

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.