Em vídeo divulgado no canal do Youtube Professores Alfredo & Leandro Albrecht, Leandro, professor da UFPR e um dos supervisores do grupo Supra Pesquisa, mostra uma área com alta infestação de milho na cultura da soja, onde a dessecação já deveria ter sido realizada quando essas plantas encontravam-se em estágios iniciais. No vídeo, o pesquisador mostra o melhor manejo que deve ser realizado para remediar essa situação.


Veja também: Buva mal matada: o que fazer?


O pesquisador ressalta que, em situações como essa, com presença de milho tiguera, uma planta de milho por metro quadrado pode gerar perdas superiores a 20% na cultura da soja, por essa razão, o controle deve ser realizado o quanto antes.

O melhor momento para o controle do milho seria quando a planta está entre os estágios V2 e V4, destaca o pesquisador, para garantir que o manejo seja eficiente.

No entanto, como neste caso as plantas já estão maiores e em estágios superiores, o pesquisador recomenda o uso de graminicidas ACCase, preferencialmente os chamados “fop” ou “dim”, e realizar esse manejo o quanto antes possível.

Eventualmente em áreas com altas infestações serão necessárias mais que uma aplicação para controlar as plantas de milho.

Dessa forma, o pesquisador alerta para que cenários como esse sejam evitados, fazendo-se o manejo certo, do jeito certo e na hora certa, de maneira antecipada, não permitindo que o problema venha a ocorrer para não termos que remediar posteriormente.

Confira o vídeo abaixo.


Inscreva-se agora no canal dos Professores Alfredo & Leandro Albrechtaqui.



Elaboração: Engenheira Agrônoma Andréia Procedi – Equipe Mais Soja.

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.