A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Teresa Cristina (PR) assinou, hoje, dia 12 de novembro, no Agrobit, realizado em Londrina (PR), o termo de compromisso do projeto Coalizão Soja 4.0, juntamente com o diretor de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Cleber Soares, o chefe-geral da Embrapa Soja José Renato Bouças Farias, o secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, o presidente da Sociedade Rural do Paraná, Antonio Sampaio e o gestor do AgroValley – pólo de inovação de Londrina, George Hiraiwa.

De acordo com Farias, o projeto Coalizão Soja 4.0, sob liderança da Embrapa Soja, visa fortalecer os ativos de inovação para a cultura da soja. A Embrapa Soja atua no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a cultura da soja no Brasil, trazendo orientações técnicas para os sistemas de produção e buscando soluções inovadoras para o campo.

As ações do Coalizão Soja 4.0 estão organizadas em quatro verticais com o objetivo de catalisar o desenvolvimento de soluções inovadoras para produção de soja tropical. São elas: o diagnóstico setorial de demandas, organização do ecossistema de inovação com diversos atores da cadeia de soja, editais de inovação aberta e uma área de campo de testes, chamada de plot 4.0.

“O projeto estabelece novos patamares tecnológicos e organiza diferentes atores para missões em temas estratégicos e combina modelos que favoreçam maior coordenação entre esforços de inovação e independência tecnológica Brasil”, destaca Farias.  O projeto irá envolver diretamente cooperativas, Ematers, associações de produtores, empresas privadas de tecnologia, universidades, Sebrae, Senai, lideranças e startups na identificação de desafios orientados por missões para alcançar novos patamares tecnológicos.

Fonte: Embrapa

Texto originalmente publicado em:
Embrapa Soja
Autor: Embrapa Soja - Carina Rufino e Lebna Landgraf

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.