O mercado brasileiro registrou retrações de preços neste mês de novembro. O movimento levou em conta a desvalorização do dólar em relação ao real e a proximidade da conclusão dos trabalhos no Brasil. A melhora na situação da safra argentina também traz algum alívio só mercado.

Paraná

O Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, informou, em seu relatório mensal, que a safra 2020 de trigo do Paraná é estimada 3,052 milhões de toneladas, 43% acima das 2,141 milhões de toneladas colhidas na temporada 2019. Em outubro a safra foi indicada em 3,127 milhões de toneladas. A colheita já foi finalizada.

A área cultivada ficou em 1,122 milhão de hectares, contra 1,028 milhão de hectares em 2019, alta de 9%. A produtividade média é estimada em 2.743 quilos por hectare, acima dos 2.205 quilos por hectare registrados na temporada 2019.

Rio Grande do Sul

A colheita do trigo atinge 98% da área no Rio Grande do Sul. O avanço semanal foi de 3 pontos percentuais. Em igual período do ano passado, os trabalhos chegavam a 98%. A média dos últimos cinco anos é de 96%.

O predomínio de tempo seco no Estado e as chuvas esparsas ocorridas em algumas regiões favoreceram a colheita. Até 26/11, foram 4.837 comunicados de ocorrência de Proagro.

Argentina

A colheita de trigo atinge 30,9% da área na Argentina. Segundo boletim semanal da Bolsa de Cereais de Buenos Aires, os trabalhos avançaram 11,1 pontos percentuais na semana e estão 0,2 ponto atrasados em relação ao ano passado. A Bolsa projeta a produção em 16,8 milhões de toneladas. Em números absolutos, foram recolhidas 2,889 milhões de toneladas ao longo de 1,923 milhão de hectares.

Na última semana, diminuiu o percentual de lavouras em déficit hídrico e em más condições. Conforme o documento, 27% das lavouras estão em situação de regular a ruim. Na semana passada, eram 43%. Em igual período do ano passado, 23% da área estava nessa situação. As lavouras com condição de excelente a boa passaram de 17% a 26%.

Nesta semana, 23% das lavouras estão em situação de déficit hídrico. Na semana passada, eram 39% e, no ano passado, 9%. A área fica em 6,5 milhões de hectares.

Safra global

A produção de trigo é estimada em 765 milhões de toneladas, contra 764 milhões em outubro. Para a temporada anterior, o Conselho Internacional de Grãos (CIG) manteve sua projeção em 763 milhões entre os relatórios de outubro e novembro.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Gabriel Nascimento - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.