De acordo com informações do alerta agroclimático da Rural Clima, uma frente fria que está atuando sobre a metade sul do Rio Grande do Sul tende a ganhar força a partir de hoje, trazendo chuvas para áreas produtoras do estado e, também, de Santa Catarina. “No restante do país, com exceção do Pará, que pode ter chuvas também, o tempo deve seguir firme em boa parte da semana”, destaca o agrometeorologista Marco Antonio dos Santos.

Segundo Santos, dificilmente essa frente fria terá força para levar chuvas ao restante do país. “Na quinta-feira (28) e na sexta-feira (29), há possibilidade de ocorrência de precipitações no sul e no leste do Paraná, bem como no extremo sul e leste de São Paulo. Também há chances de ocorrerem chuvas localizadas no final de semana em Goiás, no sul de Minas Gerais e no Mato Grosso”, afirma.

Na próxima semana, tanto o modelo americano quanto o europeu indicam que uma nova frente fria poderá estar atuando no país. “Caso ganhe força, há chance dessa frente levar chuvas a São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia e Tocantins, o que será monitorado ao longo da semana”, sinaliza Santos.

No Paraguai, a agrometeorologista Ludmila Camparotto ressalta que a semana deve ter um tempo mais aberto, com possibilidades de pancadas de chuvas no sul do país. “As chuvas entre sábado e domingo nas regiões sul e oriental paraguaias foram fortes, com vento e granizo, com volumes acima de 90 milímetros, trazendo danos em algumas áreas”, comenta.

Ludmila afirma que mais para o final de semana há possibilidade de pancadas de chuvas nas regiões sul e do Chaco. O retorno das chuvas em melhor volume deve ocorrer no decorrer da primeira semana de maio, atingindo a região de fronteira com a Argentina, o Chaco e o sul do país”, conclui.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Arno Baasch - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.