A alta de apenas 0,17%% nas cotações da soja em Chicago, somada à alta de 0,69% do dólar no Brasil, nesta sexta-feira, mais a continuada ausência da China, que fez os prêmios caírem, provocou novamente queda nos preços da soja no Brasil.

Com isto, os preços médios que os compradores puderam oferecer sobre rodas nos portos brasileiros recuaram 0,81%, para a média nacional de R$ 85,39/saca, contra R$ 86,09/saca, do dia anterior. Assim, o acumulado no preço de exportação em setembro aumentou a perda para – 3,54%, contra -2,75% do dia anterior, segundo o Indicador Cepea.


Ausência da China, queda do dólar e de Chicago aprofunda a queda dos preços da soja no Brasil


No mercado físico os preços atingiram R$ 84,00, contra R$ 85,00 do dia anterior em Paranaguá e R$ 85,00, contra 85,30 do dia anterior, em Rio Grande. Já no mercado interno o preço subiu, mas pouco, somente 0,01% para a média de R$ 79,77/saca, contra R$ 79,76/saca do dia anterior. Com isto o acumulado do mês de setembro no interior reduziu as perdas para 3,03% (3,04%).

No mercado físico doméstico o preço em Passo Fundo caiu para R$ 81,00/saca, contra R$ 82,00/saca do dia anterior. Em Ponta Grossa o preço fechou a semana em R$ 82,00 e em Cascavel, R$ 80,50.

Fonte: T&F Agroeconômica


Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.