Após executar atividades de abertura do programa “Jundiaí: Lugar de Alimento Seguro”, no último dia 7, especialistas do Centro de Engenharia e Automação (CEA), do Instituto Agronômico (IAC), iniciam esta semana o módulo de avaliação de pulverizadores empregados por agricultores da região nas aplicações de defensivos agrícolas. Conforme o coordenador do programa, o pesquisador científico Hamilton Ramos, do CEA-IAC, a iniciativa prossegue durante todo o mês de junho.

Segundo Ramos, “Jundiai: Lugar de Alimento Seguro” constitui um programa inovador e sem precedentes na região do Circuito das Frutas. Atrelado ao conceito de agricultura sustentável, tem por objetivo assegurar a chegada de alimentos seguros a pontos de venda e à mesa da população da cidade de Jundiaí. A implementação do projeto une o CEA-IAC, com ativa participação de engenheiros agrônomos vinculados ao programa “Aplique Bem”, além da Associação Agrícola local, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e da prefeitura de Jundiaí.

Ramos acrescenta que a regulagem correta dos pulverizadores possibilitará aos produtores adequar-se à norma ISO 16.122, que estabelece diretrizes para avaliações de qualidade sobre o funcionamento de pulverizadores agrícolas.

“A equipe do Aplique Bem auxiliará agricultores a regular e a manter pulverizadores em conformidade com padrões técnicos de segurança que assegurem aplicações corretas de defensivos agrícolas. Agricultores atendidos voltarão a ser visitados pelo Aplique Bem. Se, na ocasião das visitas, esses equipamentos permanecerem adequados ou tiverem sidos reparados, de maneira a se enquadrar em norma da ISO internacional, produtores serão certificados com selo de qualidade do pulverizador.”

“O uso correto da tecnologia transfere benefícios diretos à população. Boas práticas entregam alimentos seguros para consumo, evitam riscos de contaminação ambiental de propriedades e a exposição de agricultores e trabalhadores a agentes químicos, estes necessários à produtividade de cultivos e ao abastecimento”, continua Hamilton Ramos.

Órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, o CEA-IAC está à frente ainda de outras iniciativas voltadas à segurança no campo, como a Unidade de Referência em Tecnologia e Segurança na Aplicação de Defensivos Agrícolas e o ‘IAC-Quepia’.

Fonte: Assessoria de imprensa IAC-Quepia

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.